Suspeito de participar do assassinato de adolescente é morto com três tiros

Dois elementos não identificados invadiram a residência durante a madrugada e mataram o homem de 53 anos

Mais um homicídio foi registrado na Capital. Paulino Barbosa Braga Filho, de 53 anos, foi assassinado com três tiros em sua residência, no bairro Pintolândia, zona Oeste, na madrugada desta terça-feira, 31. A família encontrou o corpo e acionou a Polícia Militar para atender a ocorrência. Ele era apontado como um dos suspeitos da morte de uma adolescente, em 2013.
Segundo informações da PM, os parentes das vítimas revelaram que testemunhas ouviram os tiros e, em seguida, viram dois indivíduos saindo da casa e fugindo em uma motocicleta. Nenhum deles foi identificado. A suspeita é de que os criminosos arrombaram a porta para matar Paulino, já que há sinais de que a casa foi violada.
No dia 28, o homem tinha sido vítima de um assalto, mas antes já havia sofrido um atentado, quando foi atingido com um tiro no braço. Ele também sofreu ameaças nos últimos tempos. A família relatou aos policiais que Paulino estava jurado de morte.
Peritos foram chamados para realizar os procedimentos na cena do crime, porém não conseguiram encontrar as cápsulas deflagradas, mas fizeram a coleta de dados a fim de identificarem os autores do homicídio. O Instituto de Medicina Legal (IML) fez a remoção do cadáver. Na manhã de ontem, após a necropsia, familiares foram até a sede do IML e fizeram a liberação do corpo. Muito abalados, familiares não quiseram falar com a imprensa sobre o caso.
SUSPEITO - A Folha apurou que Paulino é um dos suspeitos de envolvimento na morte da adolescente Natalice Farias Alves, de 14 anos, morta na manhã do domingo de 20 de outubro de 2013, no bairro Senador Hélio Campos, também zona Oeste de Boa Vista. No corpo da garota havia sinais de violência sexual e perfurações no pescoço.
A adolescente estava usando roupa de dormir e seu corpo foi encontrado em um quintal por um vendedor de picolé. No local a polícia percebeu que havia sinais de que a adolescente travou luta corporal com os criminosos.
A Delegacia-Geral de Homicídios (DGH) confirmou que Paulino era um dos suspeitos de participação na morte de Natalice. Outro fato é que, além dele, mais quatro suspeitos também foram mortos. O caso está sendo investigado pelos agentes da delegacia especializada, que ainda na madrugada estiveram na cena do crime conversando com familiares e testemunhas. (J.B)





Por João Barros
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail