Quase 400 condutores são multados durante a “Operação Finados”

As infrações com maior incidência foram excesso de velocidade, alcoolemia e ultrapassagens indevidas
Segundo o Chefe de Comunicação da PRF-RR, Rodolfo Silva, fiscalizações foram realizadas de quarta-feira, 1º, a domingo, 5, nas rodovias federais em todo o Estado (Foto: Hione Nunes)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF-RR) divulgou o balanço com dados de acidentes e fiscalização durante a “Operação Finados”, iniciada a meia-noite do dia 1º de novembro e encerrada às 23h59 do último domingo, 5. Para a PRF, o número total de ocorrências foi considerado acima da normalidade, tendo em vista o aumento de infrações nos cinco dias da operação.
Segundo o chefe de Comunicação da PRF-RR, Rodolfo Silva, ao todo, foram registrados quatro acidentes sem vítimas e um com morte, envolvendo um caminhão e uma pedestre na noite da sexta-feira, dia 3, na BR-401, que foi atendido pela Polícia Militar e não pela Polícia Rodoviária Federal. “Os acidentes foram poucos. Os números não nos preocupam e consideramos uma operação tranquila no quesito acidentes. Os demais números nos preocupam mais”, disse.
Ainda de acordo com Rodolfo Silva, com relação aos índices de fiscalização de trânsito, observou-se um aumento na quantidade de veículos flagrados em excesso de velocidade pelos radares portáteis, em comparação com o feriado de 12 de outubro. “Essa é nossa preocupação maior. Foi um grande número de infrações em itens como excesso de velocidade, ultrapassagens indevidas entre outras. Épreciso mais consciência da população em relação a esses fatores. A partir de agora, vamos intensificar nossas fiscalizações mesmo em dias comuns”, complementou.
Ao todo, foram registrados 386 autos de infração de trânsito, sendo oito por ingestão de álcool na direção de veículo, 13 por falta de dispositivo de segurança para crianças em automóveis e 11 por ultrapassagens proibidas. No entanto, as infrações com número mais elevado foram as de excesso de velocidade nas rodovias. Foram registradas 136 imagens de veículos trafegando nas vias federais acima da velocidade permitida.
Os números chamam atenção, sobretudo pelas altas velocidades flagradas, chegando em alguns casos a ultrapassar os 180 km/h, o que ainda traz preocupação e reforça a necessidade de intensificar esse tipo de fiscalização.
Quanto aos crimes, foram registrados cinco delitos referentes a trânsito e contrabando. Uma pessoa foi encaminhada à delegacia de Polícia Civil de Rorainópolis por haver em seu desfavor mandado de prisão da Justiça do Pará. (E.S)






Por Folha Web
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail