Conta de luz do boa-vistense está mais cara 35,26% a partir de hoje

A partir desta quarta-feira, a tarifa de consumo de energia elétrica em Boa Vista passará a ser aplicada com o reajuste
Distribuidora atende 111 mil unidades consumidoras em Roraima (Foto: Arquivo/Folha)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou na terça-feira, 31, um reajuste médio de 35,26% nas tarifas da Boa Vista Energia (Eletrobras Distribuição Roraima). Para consumidores de alta tensão, como indústrias, o aumento será de 35,09%. Para a baixa tensão, como os clientes residenciais, a alta será de 35,30%.
A distribuidora atende 111 mil unidades consumidoras em Roraima. As novas tarifas vigoram a partir de hoje, dia 1º. O reajuste aprovado foi justificado pelos indicadores de custos operacionais da empresa que foram flexibilizados. Para o governo, essa é a única forma de reequilibrar os custos da concessionária e atrair investidores para a privatização.
A proposta inicial da Aneel era de um reajuste médio de 54,76% nas tarifas da companhia. O relator da proposta, diretor André Pepitone, propôs que não apenas os custos financeiros da empresa fossem postergados, mas também os custos econômicos, inclusive os gastos com energia, o que levaria o reajuste a 28,29%.
Essa sugestão foi rejeitada pelos demais diretores, que aceitaram o diferimento apenas dos efeitos financeiros, a exemplo do que foi feito com as distribuidoras da Eletrobras em Alagoas, Piauí e Amazonas. Esses custos serão repassados no próximo reajuste anual, em 2018. Os custos com energia, portanto, foram mantidos nas tarifas.




Por Folha Web
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail