Alunos denunciam atraso para início de programa de estágio remunerado

Candidatos foram informados que os motivos seriam burocráticos, tendo em vista a falta de empresas para realizar a contratação
Os alunos receberam a notícia por grupos de WhatsApp, criados supostamente por servidores da Setrabes (Foto: Divulgação)

Alunos que se inscreveram no RR Jovem, programa de estágio remunerado do Governo do Estado, denunciaram à Folha atraso no início do estágio nas empresas. Segundo as denúncias, os mil contratados para o estágio remunerado receberam a informação do atraso por meio de grupos de WhatsApp, supostamente criados por servidores do Estado.
Em contato com a Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social (Setrabes), que coordena o programa, os candidatos foram informados que os motivos seriam burocráticos, tendo em vista a falta de empresas para realizar a contratação.
Segundo o aluno William da Rocha, os problemas começaram a acontecer no dia 23 de outubro, data em que os mil selecionados seriam contratados. Contudo, no dia 23, um perfil nomeado ‘RR Jovem’ criou os grupos no WhatsApp para informar que a contratação não iria ocorrer devido à falta de empresas.
Conforme William, a indignação dos jovens foi receberem as notícias por um aplicativo de celular, e não por meio de fontes oficiais, como o Diário Oficial do Estado (DOE) ou veículos de comunicação. O estudante frisou ainda que há pessoas no grupo que participa que não foram selecionadas entre os mil alunos. “Além disso, eles disseram no dia 23 que não havia previsão para o programa iniciar”, lamentou.
Ontem, 6, uma outra aluna, que preferiu não se identificar, entrou em contato com o Governo do Estado novamente para ter notícias do programa. No entanto, a jovem foi informada que ainda não há previsão para o início do RR Jovem. “É um absurdo porque eles divulgam um programa e não se preparam para isso. Estamos esperando alguém fazer algo em relação a isto, porque nos programamos para nada”, disse.
OUTRO LADO – A Secretaria Estadual do Trabalho e Bem-Estar Social (Setrabes) ressaltou que, devido à complexidade do processo licitatório na contratação das empresas responsáveis pelos agentes de integração do programa, o início da convocação dos aprovados acontecerá até o final do mês de novembro.
RR JOVEM – O programa de estágio remunerado que ofereceria mil vagas a estudantes matriculados no ensino médio regular das escolas públicas estaduais de Roraima, sendo 10% das vagas destinadas para pessoas com deficiência, foi lançado no dia 29 de agosto pela governadora Suely Campos. Na ocasião, Suely ressaltou que seria uma oportunidade de garantir o aprimoramento dos estudantes e preparação efetiva para o mercado de trabalho.
Poderiam participar do programa estudantes do 2º ou 3º ano do Ensino Médio regular das escolas públicas estaduais, a partir de 16 anos, com 80% de frequência mínima escolar. A duração do estágio seria de quatro horas diárias e o valor a ser pago a cada estudante foi calculado em R$ 440,00, sendo R$ 390,00 de bolsa e R$ 50,00 de auxílio-transporte. (A.G.G)





Por Ana Gabriela Gomes
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail