Polícia dinamarquesa encontra cabeça e pernas de jornalista sueca desaparecida

Kim Wall sumiu há dois meses, durante entrevista em submarino com Peter Madsen, que foi preso preventivamente.
Kim Wall embarcou no submarino Nautilus, de Peter Madsen, e sumiu (Foto: Handout/TT News Agency/AFP)

A polícia da Dinamarca informou, neste sábado (7), que encontrou na baía de Koge, ao sul de Copenhague, a cabeça e pernas da jornalista sueca Kim Wall, que desapareceu há dois meses, quando entrevistava inventor dinamarquês Peter Madsen, em seu submarino.
As partes do corpo de Kim, assim como suas roupas, estavam distribuídas em sacos plásticos, segundo investigadores citados pela Associated Press. Também foram encontrados "pesadas peças de metal", que possivelmente tinham o intuito de fazer os sacos afundarem e uma faca.
O tronco de Kim Wall apareceu flutuando no Báltico, no final de agosto, quase duas semanas após ter sido vista pela última vez a bordo do Nautilus, o submarino de fabricação caseira onde entrevistaria Madsen.
Madsen, o inventor de 46 anos que está preso preventivamente acusado de homicídio, disse que Wall morreu depois que foi acidentalmente atingida por uma escotilha de 70 quilos. No entanto, investigações da polícia desmontam a versão contada por Madsen - segundo autoridades, 15 feridas provocadas por facadas foram encontradas no tronco da jornalista.
A detenção de Madsen, que negou a autoria do homicídio, expira no dia 31 de outubro, quando um tribunal vai determinar se ele vai fiar sob custódia antes de um possível julgamento. 







Por Agencia EFE 
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail