Ocupantes começam a montar barracas na região do Urubuzinho

Pessoas seriam as mesmas que já ocuparam área no Haras Cunhã Pucá e na BR-174, de propriedade da Codesaima (Foto: Wenderson de Jesus)
 
Moradores da região do Urubuzinho, a 28 quilômetros de Boa Vista, denunciaram à Folha que pessoas ligadas a Federação das Associações de Moradores de Roraima (Famer) estão ameaçando ocupar o local desde a semana passada. Ontem, 15, dezenas de ocupantes se reuniram na região e montaram tendas.
Segundo os denunciantes, essas são as mesmas pessoas que ocuparam, em abril, uma área na região do Haras Cunhã Pucá, no Cantá, e, no mês seguinte, uma área localizada às margens da BR-174 sul, no Água Boa, de propriedade da Companhia de Desenvolvimento de Roraima (Codesaima).
Os moradores da região já se mobilizam para enfrentar a ação dos ocupantes, colocando placa nas propriedades e buscando informações para recorrer aos seus direitos de forma legal. Segundo os moradores do Urubuzinho, as pessoas ligadas à Famer disseram que contribuíram com uma taxa de R$ 250 para garantir um lote e por isso estão no local para “demarcar a área”.
Segundo um dos proprietários Raniery de Souza, os moradores da região estão insatisfeitos e preocupados com a invasão. Os moradores alegam a compra legal das terras e desconhecem qualquer situação de venda das terras para a Famer. “Eu e meus vizinhos compramos nossas propriedades, temos documentos e jamais vendemos terra para ninguém. Essa situação deixa indignado qualquer cidadão que trabalhe para deixar algo para seus filhos”, disse.
Conforme outro morador, que não quis se identificar, ele e a família estão com medo de perder a propriedade. “Meus pais são donos do terreno há 17 anos e estão com muito medo dessa invasão prejudicar nosso patrimônio, fora o transtorno que passamos com as questões judiciais que serão necessárias, o gasto com placas para informar que a área é particular, discussão com as pessoas para convencê-las que a terra é nossa”, frisou.
OUTRO LADO – Durante toda a tarde de ontem, a equipe de reportagem da Folha tentou contato com um representante da Famer, tanto por telefone como pessoalmente, mas não obteve sucesso. (E.S)



 Por Folha Web
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail