Moradores reclamam das condições da Rua Edmundo Sales

Moradores dizem que Prefeitura abriu a rua, mas não terminou infraestrutura (Foto: Nilzete Franco)

Moradores de um trecho da Rua Edmundo Sales, no bairro Buritis, zona Oeste da Capital, denunciam uma série problemas. Eles relatam que a parte da rua não pavimentada alaga em época de chuva e não tem saneamento básico. 
Eles dizem que o trecho da rua sempre foi desassistido pelas autoridades. “Aqui, quando é período de chuva, fica tudo alagado, vira criadouro de doenças. Já apareceu até animal peçonhento porque está muito sujo. Já foi feita reivindicação, mas até então nunca foi fizeram nada”, disse um morador que pediu para não ser identificado.
O comerciante Rogério Delcarlos Medonça, 46, disse que um documento já foi entregue e protocolado no Ministério Público para que medidas fossem tomadas pela Prefeitura de Boa Vista. “Nós apresentamos ao MP provas, como imagens de veículos atolados e assinatura de moradores”, afirmou.
“Eu pago meus impostos em dia para que meus direitos sejam garantidos. Nós queremos coleta de lixo e saneamento básico. Queremos esse trecho asfaltado para que as pessoas tenham o direito de ir vir, que a Prefeitura faça a obrigação dela”, salientou.
A estudante Aniely keyko, 31, comentou que em 2015 deram entrada com um requerimento de abertura da rua na Secretaria Municipal Obras (SMO) e que foi aceito. “Só abriram a rua e mais nada. Ficaram os buracos e, com a chuva, tudo piorou. Falaram que uma equipe iria fazer o levantamento da situação para remoção de árvores e para fazer a pavimentação da rua”, destacou. “Minha vozinha vive aqui, ela tem 89 anos, e nós temos muita dificuldade quando precisamos sair com ela para ir ao médico ou outro lugar”.
PREFEITURA - Em nota, a Prefeitura informou que, apesar de ter característica de rua, o local é um antigo terreno particular, que foi loteado de maneira irregular, sem atender às exigências de parcelamento de solo conforme a legislação vigente.
Frisou que o dono do terreno teria que regularizar a situação junto à Empresa de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Emhur) ou doar o trecho onde fica a rua à Prefeitura para que possa ser feito investimento no local, como asfalto e drenagem. “Essa área ainda está registrada em nome de particular, ou seja, o município não pode efetuar benfeitorias”, frisou. (E.M)




Por Folha Web
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail