Polícia desvenda latrocínio em vicinal do Caroebe | Portal RR Music

Polícia desvenda latrocínio em vicinal do Caroebe

Um dos acusados, o adolescente apreendido, teria relatado com detalhes, segundo a Polícia, mas negando participação, o homicídio do comparsa, que teve a ossada encontrada na vicinal 26 do Baliza (Foto: Divulgação)
 
Policiais militares do município de São João da Baliza realizaram a apreensão de um adolescente, de 13 anos, na noite do último dia 19, na sede do município que fica na região sul do estado e durante depoimento na Delegacia, o garoto teria acabado confessando a participação no latrocínio de uma idosa, identificada como Maria de Lourdes Cordeiro de Souza, que vivia num sítio da vicinal 6, no município do Caroebe, cerca de 30 quilômetros após São João da Baliza, seguindo pela BR-210. O adolescente elucidou os fatos que acarretaram na prisão de Davi Souza Machado, 19 anos. O crime ocorreu no dia 10 de julho deste ano.
O delegado Fernando Cruz, titular da Delegacia de São João da Baliza, informou que um filho da vítima registrou um BO (Boletim de Ocorrência), comunicando o desaparecimento da mãe. Um dia após o registro, vizinhos e amigos que procuravam pela idosa, encontraram o corpo às margens de um igarapé que fica dentro da propriedade da vítima.
A Polícia Civil foi comunicada e a PMRR (Polícia Militar de Roraima) no Caroebe se deslocou até o sítio para a preservação do local do crime e do corpo, que estava em avançado estado de decomposição.
“A Polícia Civil estava diante de um caso de, aparentemente, difícil solução. Várias pessoas foram ouvidas, alguns possíveis suspeitos foram apontados, mas não havia nada de concreto que respaldasse um pedido de prisão. O MPRR [Ministério Público do Estado de Roraima] acompanhou toda a investigação e mesmo diante da complexidade dos fatos, de tantas informações desencontradas, cobranças sobre os policiais, a Polícia continuou firme no intuito de descobrir os autores desse crime bárbaro e poder assim, prendê-los. Muitas diligências foram feitas e usados todos os recursos legais necessários para a solução do caso”, destacou Cruz.
Depois de várias oitivas, os nomes de alguns indivíduos foram mencionados como, possíveis autores, sendo os mesmos envolvidos em outros homicídios e furtos de motocicletas em Baliza e diante das informações, policiais tentavam encontrar os suspeitos para que fossem intimados.
Na tarde da terça-feira, dia 19, uma guarnição PM em São João da Baliza, fazia ronda na cidade e decidiu abordar o adolescente que seria conhecido por praticar furtos de motocicletas e suspeito de participar do latrocínio. Assim que avistou a viatura, deu sinais de que pretendia correr, mas foi apreendido e conduzido até a Delegacia de Baliza. O Conselho Tutelar do município foi acionado para acompanhá-lo.
Na Delegacia, além de confirmar a participação nos furtos, segundo a Polícia, quando perguntado sobre o homicídio da idosa, o adolescente teria confessado a participação e relatado com riqueza de detalhes todo o ocorrido, mencionando os nomes dos comparsas, sendo um outro adolescente e Davi de Souza, que no dia seguinte, dia 20, foi preso e em depoimento também teria confessado a participação no latrocínio.
O garoto relatou que no dia do crime foi convidado por Davi para irem, juntamente com o outro adolescente, fazer uma "fita" em uma vicinal do Caroebe. Segundo o relato informado pela Polícia, Davi teria lhe telefonado dizendo: “Bora assaltar uma velha ali e pegar um dinheiro grande". Os três teriam seguido então até a vicinal 6 na mesma motocicleta, pilotada por Davi. Chegando à propriedade da vítima, conforme aponta o registro policial, cometeram o crime e retornaram para Baliza.
O adolescente também teria relatado com detalhes, mas negou participação no homicídio do comparsa, que teve a ossada encontrada dias depois em uma plantação de dendê na vicinal 26 de São João da Baliza, nas proximidades da cidade.
“Os policiais e conselheiros presentes ficaram estarrecidos com tanta frieza e crueldade de um garoto de apenas 13 anos de idade. Depois de todos os procedimentos legais na delegacia de Baliza, o adolescente foi apreendido conforme mandado de busca e apreensão expedido pelo juiz da comarca de São Luiz e Davi, preso em cumprimento do Mandado de Prisão Preventiva, expedido pelo mesmo juiz”, informou Fernando Cruz.
O adolescente foi encaminhado ao CSE (Centro Socioeducativo), enquanto Davi foi levado para a Pamc (Penitenciária Agrícola de Monte Cristo), zona rural de Boa Vista. (J.B)




Por João Barros
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail