Mulher é presa no Grande Recife sob suspeita de assassinato de sargento reformado da PM | Portal RR Music

Mulher é presa no Grande Recife sob suspeita de assassinato de sargento reformado da PM

De acordo com a PM, a dona de casa, de 22 anos, foi localizada em uma ação conjunta entre militares e agentes da Polícia Civil, na terça (26), em São Lourenço da Mata, onde ocorreu o crime.
Delegacia de Camaragibe, no Grande Recife (Foto: Google Maps/Street View)


A mulher apontada como responsável pelo assassinato de um sargento reformado da Polícia Militar de Pernambuco foi presa no Grande Recife. De acordo com a PM, a captura ocorreu no fim da tarde de terça-feira (26), em São Lourenço da Mata, cidade onde ocorreu o crime, na segunda-feira (25).
A dona de casa, de 22 anos, foi autuada na Delegacia de Camaragibe, na mesma região, por homicídio qualificado. A captura, segundo a PM, ocorreu na Rua 4, na localidade de Parque Capibaribe. A suspeita será encaminhada para a audiência de custódia.
De acordo com a Polícia Militar, a prisão foi efetuada durante uma ação conjunta entre a10ª Delegacia de Homicídios de Camaragibe e a equipe da Operação malhas Na Lei do 20º Batalhão da PM. Uma viatura descaracterizada seguiu para o endereço da dona de casa e os policiais montaram uma campana.
Durante todo o dia, os agentes e militares ficaram esperando ela aparecer no local. A PM informou que, ao saber que estava sendo procurada e quando avistou os policiais, ela se apresentou e recebeu a voz de prisão.
No relato feito pelos policiais militares consta que, na delegacia, a dona de casa confessou ter jogado sob um viaduto a arma usada no crime. Acionados, os bombeiros procuraram o armamento, mas não conseguiram encontrá-lo, uma vez que o terreno apontado pela suspeita fica em uma área de mata e perto de um rio.

O crime

O assassinato do PM reformado ocorreuna Rodovia BR-408, no bairro da Muribara, em São Lourenço. A polícia trabalha com a hipótese de o militar, de 52 anos, ter sido assassinado por causa do fim do relacionamento amoroso.
Segundo relatos de testemunhas, o sargento teria descoberto que a ex-companheira, de 22 anos, estava usando drogas. Por isso, decidiu romper. O casal tem um filho e disputava a guarda dele.
Na noite de segunda, a mulher convidou o militar para um encontro. No local, teria efetuado disparos de arma de fogo na cabeça da vítima, pelas costas. Em seguida, teria fugido com um homem. O sargento atuava no 20º batalhão e entrou para a reserva há poucos dias. 







Por G1 PE 
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail