Moradores denunciam situação da estrutura de escola no Bonfim | Portal RR Music

Moradores denunciam situação da estrutura de escola no Bonfim

Pais de alunos dizem que prédio da escola não recebe reforma há uma década (Foto: Divulgação)

Janelas quebradas, paredes sem pinturas, salas sem portas e falta de ventilador são alguns dos vários problemas existentes na Escola João Vilhena, localizada em Vila Vilhena, no Município de Bonfim, na região leste do Estado. Conforme denúncia, o local está esquecido, já que faz mais de 10 anos que a estrutura física não passa por nenhum tipo de melhoria.
“Infelizmente, essa escola se tornou o retrato do esquecimento, pois desde a sua construção, há mais de 10 anos, que ela não passa por nenhuma melhoria. Os moradores já não sabem mais o que fazer, já que o prédio hoje não oferece condições dignas para as crianças manterem os estudos”, relatou o vereador Maquiles Fernandes (PV).
Outro problema mais grave listado pelo parlamentar é a caixa d’água que abastece a escola. Segundo ele, o tanque destinado ao armazenamento que está tomado por lodo, oferecendo riscos à saúde de alunos e funcionários.
“Na parte de fora, você já vê toda a estrutura tomada por lodo. Se tá assim na parte externa, imagine só dentro da caixa d’água. Imagina só os riscos que essas crianças correm ao tomar uma água que pode estar completamente suja”, disse.
Ainda de acordo com Fernandes, vários ofícios foram encaminhados ao Estado, mais especificamente à Secretaria Estadual de Educação e Desportos (SEED), que é responsável pela manutenção da unidade, mas que até o momento não obteve retorno.
“Devido ao grande número de reclamações por parte da população, eu fui algumas vezes até o Palácio Senador Hélio Campos, entregar os ofícios comunicando o problema e pedido soluções urgentes para resolver o problema, só que até hoje o Governo, muito menos a Secretaria de Educação, nunca nos deu um retorno sobre quando mandarão uma equipe para verificar se há como fazer algo pela aquela escola”, informou.
SEED – A Folha entrou em contato com a Secretaria Estadual de Educação e Desportos (SEED) para buscar um posicionamento da pasta em relação à denúncia, mas até o fechamento da matéria, às 18 horas, não obteve respostas. (M.L)





Por Minervaldo Lopes
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail