Empresário é preso pela PF na terceira etapa de ação contra fraudes em prefeitura de PE | Portal RR Music

Empresário é preso pela PF na terceira etapa de ação contra fraudes em prefeitura de PE

Nova fase da ' Operação Mata Norte' foi deflagrada nesta sexta-feira (29). Principal alvo é considerado um dos líderes da organização, envolvida em desvios de merenda, em Lagoa do Carro, na Zona da Mata Norte.
Agentes federais e servidores da COntroladoria Geral da União participam de operação em Pernambuco (Foto: Polícia Federal/ Divulgação)

A Polícia Federal em Pernambuco (PF) prendeu, na manhã desta sexta-feira (29), um empresário suspeito de envolvimento em corrupção e desvios na Prefeitura de Lagoa do Carro, na Zona da Mata Norte do estado, distante 60 quilômetros do Recife. Considerado um dos líderes da organização criminosa, ele é o principal alvo da terceira etapa da ‘Operação Mata Norte’, que cumpriu também três mandados de condução coercitiva, quando a pessoa é levada para prestar depoimento.
Os agentes deram cumprimento, ainda, a cinco mandados de busca e apreensão. Eles estiveram em residências e estabelecimentos comerciais do empresário. As ações ocorreram nos bairros de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, e de Casa Forte, na Zona Norte. O esquema envolvia políticos e empresários e atuava no desvio de recurso de merenda escolar. Estima-se, a princípio, um prejuízo de R$ 512 mil.
Participaram dessa fase da ‘Operação Mata Norte’ 28 policiais federais. Eles foram distribuídos seis equipes e estiveram acompanhados por quatro auditores da Controladoria Geral da União (CGU).
A nova fase da ação foi deflagrada após análise do material apreendido nas etapas anteriores. Foram constatadas, segundo a PF, destruição de provas pelo empresário preso nesta sexta.
Ele também passou a pernoitar em locais diversos após a deflagração da primeira fase da operação, como hotéis e residências de familiares. A Polícia Federal revela que ele subtraiu e retirou provas do seu apartamento, ocultado veículos de luxo de sua propriedade, mas que se encontram registrados em nome de terceiros.
'Operação Mata MNOrte'1 teve mais uma fase deflagrada na manhã desta sexta-feira (29), no Recife (Foto: Polícia Federal/Divulgação)

Ação

A primeira fase da operação ocorreu na sexta-feira (22) e a segunda aconteceu na terça-afeira (26). O objetivo da PF foi desmontar um esquema de corrupção que envolve políticos, empresários e empresas fornecedoras de merenda escolar.
As investigações tiveram início em julho de 2017 a partir de um Relatório de Auditoria da Controladoria-Geral da União relatando uma suposta prática decorrente de contratação fraudulenta por meio de empresas para fornecimento de merenda escolar no município de Lagoa do Carro, nos anos de 2013 a 2016.
Ficou constatado o desvio de recursos públicos federais decorrentes do Programa de Apoio à Alimentação Escolar na Educação Básica (PNAE), por meio de sobrepreço e superfaturamento nos valores das licitações para obtenção de vantagem ilícita em detrimento da alimentação dos alunos, promovendo um prejuízo aos cofres públicos estimado na cifra de R$ 512 mil reais. 






Por G1 PE 
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail