Sem receber por serviço, empresa ameaça largar aeronaves do Governo de Roraima | Portal RR Music

Sem receber por serviço, empresa ameaça largar aeronaves do Governo de Roraima

Sem qualquer tipo de manutenção, aeronaves do governo estão encostadas em aeroportos de Brasília e Pampulha (Foto: Divulgação)
 
Largadas em hangares de dois aeroportos do País, duas aeronaves de propriedade do Governo do Estado poderão virar sucata devido à falta de manutenção, além da burocracia na quitação de dívidas relacionadas ao serviço de hangaragem.
Conforme denúncia encaminhada à Folha, as aeronaves Learjet estão em dois aeroportos, sendo um em Brasília (DF) e outro na Pampulha, em Belo Horizonte (MG). A empresa responsável pela custódia dos aviões, a Unique Táxi Aéreo Ltda, estaria há cerca de um ano e meio sem receber pelos serviços. Estima-se que a dívida ultrapasse a casa dos R$ 400 mil.
O contrato teria sido firmado no final do ano passado, no entanto, a pedido do próprio governo, a Unique acabou iniciando a prestação do serviço bem antes da finalização do processo licitatório, já que as empresas Voetur Táxi Aéreo e Algar Táxi Aéreo teriam rescindido o contrato, entrando inclusive com ação na Justiça para que o Governo de Roraima retirasse os aviões de seus hangares, sob pena de pagamento de multa.
Ainda conforme a denúncia, a Unique teria entrado várias vezes em contato com a Casa Militar do Governo do Estado, que até o momento não teria dado previsão de quando resolveria o problema. Sem ter mais condições de continuar a prestar o serviço, a empresa ameaça lagar as aeronaves, que podem ser penhoradas pelas administradoras dos aeroportos, para revendê-las para ferro-velho por abandono de patrimônio público.
GOVERNO – Por meio de nota, o Governo do Estado atribuiu a culpa do sucateamento de aeronaves de propriedade do Estado à gestão anterior, que não pagou as dívidas com o hangar onde as aeronaves estão, o que onerou os cofres do Estado. “As pendências atuais serão sanadas assim que possível pelo Governo do Estado, que entende que, no momento, essa não é uma despesa essencial”, destacou.
A nota reforçou que desde 2015, quando a atual gestão assumiu, o governo tenta leiloar os dois jatinhos Learjet 35 e Learjet 55. “Para isso, a governadora Suely Campos encaminhou um projeto de lei à Assembleia Legislativa para que procedesse com a desafetação e avaliação das aeronaves consideradas economicamente inviáveis para conserto, manutenção e improdutivas para o uso permanente no serviço público”, frisou.
O governo salientou que o projeto foi aprovado e as aeronaves foram desafetadas, ou seja, se tornaram um bem público apropriável, estando prontas para serem leiloadas. Uma comissão no âmbito estadual foi criada para avaliar qual a melhor forma de dar prosseguimento a esse processo e que os trabalhos desta comissão estão em andamento. “Por fim, esclarece que o pagamento será feito tão logo haja disponibilidade financeira”, frisou. (M.L)






Por Minervaldo Lopes
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail