PF prende suspeito de integrar rede de garimpo ilegal na Terra Yanomami

Homem é acusado de utilizar seu lote em assentamento para dar apoio a garimpeiros e facilitar passagem para área de garimpo
Garimpo fica no município de Alto Alegre e passou a ser alvo de investigação por parte da Polícia Federal (Foto: Divulgação/PF)

A Polícia Federal prendeu, na manhã de terça-feira, 1º, D.B.T., acusado de integrar a rede de garimpagem dentro da Terra Indígena Yanomami, em continuidade às investigações no inquérito policial relacionado à Operação Atalho, deflagrada em 13 de junho de 2016. A Justiça Federal acatou o pedido de prisão preventiva e o mandado foi cumprido. O preso já foi encaminhado ao sistema prisional.
A Operação Atalho investiga uma rede de apoio ao garimpo na Terra Yanomami, na região às margens do Rio Uraricoera. A organização criminosa era responsável por facilitar o acesso de garimpeiros ao rio através de um atalho construído em um dos lotes de terra de D.B.T., localizado no Projeto de Assentamento Paredão, em Alto Alegre, na região Centro-Oeste de Roraima.
Para ter acesso às margens do Rio Uraricoera, o investigado e seus funcionários exigiam valores entre R$100,00 a R$ 1.000,00, uma espécie de pedágio, que era pago em ouro extraído ilegalmente do garimpo. Além disso, D.B.T. utilizava o seu lote como ponto de apoio ao garimpo, com fornecimento de hospedagem, alimentação e depósito de materiais ilícitos.
Na primeira fase da Operação Atalho, foram cumpridos mandados de busca e apreensão na residência de D.B.T. e em sua fazenda, no Paredão. As investigações continuaram e demonstraram que o suspeito não havia cessado a sua atividade criminosa, mantendo o mesmo “modus operandi”, facilitando o acesso de garimpeiros ao garimpo do Uraricoera e recebendo pagamento em ouro extraído de forma ilegal.
Após o procedimento policial, D.B.T. foi conduzido à Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Pamc), na zona rural de Boa Vista, onde ficará à disposição da Justiça. (J.B)





Por João Barros
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail