Nova espécie de percevejo ameaça pastagens em RR | Portal RR Music

Nova espécie de percevejo ameaça pastagens em RR

Percevejo que surgiu em Roraima é o primeiro registro da espécie no Brasil (Foto: Divulgação)
 
No ano passado, uma nova praga assolou as pastagens de Roraima. O percevejo Blissispulchellos atingiu quase 100% das plantações tipo gramínea dos municípios de Boa Vista, Alto Alegre, Mucajaí, Pacaraima e Iracema, destruindo totalmente os pastos. Foi a primeira vez que a espécie foi encontrada no Brasil, atiçando a curiosidade de uma equipe de pesquisadores da Agência de Defesa Agropecuária de Roraima (Aderr) e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).
Com o fim do inverno deste ano se aproximando, os estudos se intensificam para saber se haverá novamente a manifestação da praga nas pastagens roraimenses. Após perderem completamente as suas pastagens, os produtores dos municípios atingidos procuraram a Embrapa para os auxiliarem na descoberta da causa.
“Nós fomos fazer as inspeções nas áreas e observamos que um dos fatores comum a todas as áreas afetadas era a grande quantidade da espécie de percevejo”, explicou o fiscal da Aderr Jaime Simon, cedido para a Embrapa para a realização de pesquisas. Após enviarem o inseto a um laboratório norte-americano, os pesquisadores roraimenses descobriram que a mesma espécie de inseto causa prejuízo também nas pastagens de outros países, como Panamá e Costa Rica.
A morte das pastagens nesses municípios já vem sido observada desde o ano de 2014, mas sem nenhum motivo identificado. Porém, no início de 2016, as mortes continuaram e a área atingida se tornou cada vez maior. “Mesmo os locais que receberam adubação e tratamento constante não conseguiram ser recuperados. Nesse período, chegou a ser registrada uma quantidade de 900 mil percevejos por metro quadrado de pastagem”, comentou Jaime Simon. Este ano, até o momento, esse número foi reduzido para apenas um ou dois insetos por metro quadrado e em alguns locais ele nem é encontrado.
Segundo o pesquisador, a baixa quantidade de chuva e a alta temperatura são fatores que favorecem o aumento da população dessa espécie de percevejo. “Já observamos que a grande quantidade de chuvas reduz drasticamente a população desses insetos nas pastagens, por isso, tememos que a estiagem apresentada nesse momento com o fim do inverno aliada às altas temperaturas possam trazer a superpopulação de insetos novamente a Roraima”, explico Simon.
Essa espécie de percevejo suga a planta, que começa a ficar amarelada e debilitada, podendo vir a morrer se a pastagem não foi manipulada corretamente. “O ideal é que o gado seja retirado de pastagens muito baixas, para que a planta possa se recuperar, pois quando ela atinge cerca de 20 a 30 cm, o ataque dos insetos não consegue matá-la”, afirmou o pesquisador.
A grande preocupação dos pesquisadores é que a espécie de percevejo é resistente a todos os inseticidas que existem atualmente. “Estamos tentando realizar o controle biológico, através de fungos ou vírus que possam ser usados nas pastagens atingidas, mas os estudos ainda estão no início”, prosseguiu o pesquisador.
O grupo de pesquisa vai realizar novas inspeções nos municípios que foram afetados no ano passado, para observar o crescimento ou não da população desses insetos com o final do período de chuvas e a sua distribuição em todo o Estado de Roraima. Caso algum produtor observe a morte de suas pastagens deve procurar a Aderr imediatamente para relatar o caso. (R.D.)




Por Folha Web
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail