Bandidos furtam escola do Caranã duas vezes no mesmo fim de semana | Portal RR Music

Bandidos furtam escola do Caranã duas vezes no mesmo fim de semana

Além das denúncias da falta de segurança no prédio, parte do muro desmoronou (Foto: Wenderson de Jesus)
 
O furto a estabelecimentos de ensino tornou-se uma prática comum, diante do avanço da criminalidade nos bairros da zona oeste. Desta vez, ladrões entraram no prédio da Escola Municipal Maria Gonçalves Vieira, localizado na Rua Joca Farias, no bairro Caranã. Foram dois furtos sucessivos no fim de semana. O primeiro na noite de sábado, 29, seguido de outro delito na noite de domingo, 30.
O denunciante apontou uma série de falhas na segurança da unidade, como o fato de ter apenas um vigilante por noite, considerando a extensão do prédio, cerca elétrica que foi instalada e nunca funcionou porque o procedimento de instalação não foi concluído, além da parte detrás do muro que rompeu e nunca foi consertado, dando acesso a um terreno baldio onde os marginais refugiam-se.
“A escola tem cerca elétrica, mas não funciona, pois desde quando foi instalada, em 2015, nunca passou por manutenção, além de ter vários fios quebrados, o que impede o funcionamento. Parte do muro caiu faz duas semanas devido às chuvas, mas nunca arrumaram, sendo que atrás tem um terreno baldio que serve de esconderijo para bandidos”, frisou o denunciante.
Câmeras de segurança registraram o momento em que os elementos agiam. Eles entraram em salas do setor administrativo e furtaram uma televisão, no sábado, e no domingo retornaram novamente e furtaram um microsystem e todos os picolés que estavam dentro do freezer. “As imagens foram entregues à polícia. que apareceu na escola na segunda-feira, 31, depois que o Boletim de Ocorrência foi registrado pela gestão na Delegacia do Santa Tereza [3º DP]. Pelas filmagens é possível perceber que são as mesmas pessoas”, disse.
No começo deste ano, o local também foi alvo dos criminosos, quando o prédio estava sendo usado pelos alunos da Escola Estadual Jael Barradas, que passava por reformas em seu prédio. “Na noite de sábado, os ladrões ficaram à vontade porque não tinha vigia. Somente no domingo o vigilante apareceu. Ele viu os bandidos pelas câmeras e chamou a Polícia Militar, que fez uma ronda e uma vistoria no prédio, mas não encontrou ninguém. Pelas câmeras deu para ver que os bandidos estavam armados com faca”, comentou.
A Folha foi até a escola e constatou que a instituição de ensino ocupa uma quadra inteira e está localizada em zona considerada perigosa do bairro Caranã. “Acredito que deveria haver dois ou mais vigias por turno. E que o sistema de segurança passasse por manutenção para que pudesse voltar a funcionar”, ressaltou o informante.
PREFEITURA – A Folha enviou a denúncia para a Prefeitura de Boa Vista. Por nota, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) informou que a vigilância nas unidades de ensino do município estão sendo reforçadas e que a Guarda Civil Municipal mantém rondas periódicas naquela localidade.
“A secretaria informa que as medidas cabíveis estão sendo tomadas, mas reforça que ações de criminosos são relacionadas à segurança pública e requerem também medidas de prevenção e repressão por parte do Estado. Em todas as ocorrências, as autoridades competentes foram acionadas para as providências legais”, destacou a nota. “A população pode acionar a Guarda Municipal, no telefone 153, a Polícia Militar, por meio do 190, ou ainda na Central de Atendimento 156”. (J.B)





Por João Barros
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail