Aluguel social não é solução definitiva, dizem venezuelanos

Imigrantes que estão morando em Roraima sonham com a saída de Nicolás Maduro do poder
Em uma área próxima à Rodoviária Internacional de Boa Vista, venezuelanos dividem barracas (Foto: Hione Nunes)

Dias após o anúncio feito pela Prefeitura de Boa Vista em auxiliar os venezuelanos que estão morando nas ruas da cidade com o pagamento de aluguel para residências, a Folha foi às ruas saber dos próprios venezuelanos, beneficiários do auxílio, a opinião deles. Para a maioria ouvida pela equipe de reportagem, a medida anunciada é boa, mas não resolve a situação dos imigrantes, que querem a saída do presidente Nicolás Maduro do poder e voltar ao país de origem.
Natural de Caracas, Willian Ferreira, de 29 anos, chegou a Roraima há três meses e, assim como outros imigrantes, está fugindo da crise política, que tem causado a falta de alimentos e até de medicamentos na Venezuela. À Folha, Willian disse que a vida no Brasil não é fácil, mas que ele tem conseguido comprar comida através de atividades informais, como a podação de árvores.
Ao saber da possibilidade de receber o aluguel solidário, o jovem venezuelano, que está morando na rua, ficou entusiasmado e informou imediatamente os familiares que ficaram na Venezuela. Mesmo classificando a medida como boa, ele disse que não pretende trazer a família para o Brasil, pois sonha com a saída de Maduro do poder para voltar à terra natal. “Fiquei sabendo do Aluguel Solidário. Foi uma notícia que me deixou alegre. Será uma boa ajuda e eu avisei logo a minha família na Venezuela, mas não vou trazê-los para o Brasil. Quero a saída de Maduro o mais rápido possível para voltar para minha casa e para meus familiares”, afirmou convicto.
Também natural de Caracas, Luiz Daniel, de 32 anos, chegou ao Brasil há 20 dias. Ele disse ter ficado feliz e agradecido com a ajuda anunciada, mas acredita que o aluguel solidário não será a solução dos problemas dos imigrantes venezuelanos que vivem nas ruas de Boa Vista. Para ele, só a mudança de governo no país onde nasceu e cresceu é o caminho viável, para que ele e os companheiros voltem à Venezuela e retomem suas vidas.
“Aqui o governo ajuda a todos, até estrangeiros. Fiquei feliz e agradecido quando me falaram que vamos receber uma quantia para pagarmos o aluguel de um lugar para morar e sair da rua, mas quero que meu país tenha um governo sério e humano para voltar logo e retomar minha vida”, frisou.
PREFEITURA – A Prefeitura de Boa Vista informou que o Aluguel Social está em fase de cadastramento das famílias. Assim que esse trabalho for finalizado, os dados serão repassados ao Governo Federal, responsável pelos trâmites legais. (E.S)





Por Folha Web
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail