Acusado de matar ex-comissário de voo vai a júri popular em Florianópolis | Portal RR Music

Acusado de matar ex-comissário de voo vai a júri popular em Florianópolis

Alexandre Batista Santiago foi encontrado nu, com as pernas amarradas e marcas de pedradas pelo corpo em março de 2016.
Alexandre foi encontrado morto no Centro de Florianópolis (Foto: Reprodução/RBS TV)

Está marcado para as 13h30 desta quinta-feira (3) o início do júri popular de Felipe dos Santos Diogo, acusado de matar, em março de 2016, o ex-comissário de voo Alexandre Batista Santiago, de 32 anos, em Florianópolis.
O crime ocorreu na madrugada do dia 5 de março, no parque Náutico Walter Lange, no Centro da capital, na região das pontes que ligam a ilha ao continente. Alexandre foi encontrado nu, com as pernas amarradas e marcas de pedradas pelo corpo.
Felipe do Santos Diogo, de 25 anos, foi acusado juntamente com Elisangela Campos da Silva, de 36, por homicídio triplamente qualificado: motivo fútil, meio cruel e impossibilidade de defesa da vítima.
A mulher foi julgada no último dia 16 de maio e condenada a 6 anos e oito meses de reclusão, inicialmente no regime semiaberto.

O que diz a denúncia

Conforme a denúncia do Ministério Público, na noite do crime Felipe, Elisângela e a vítima haviam ido até as proximidades do Clube Náutico de Remo para usar drogas. Insatisfeito com o fato de a droga ter terminado, Felipe, ainda de acordo com o MP, teria golpeado Alexandre com um capacete e iniciado uma briga.
Quando Alexandre estava dominado, ele e Elisângela teriam desferido golpes com uma pedra. A vítima ainda foi despida em via pública e teve suas pernas amarradas com o cadarço de seu próprio tênis.
O G1 não conseguiu contato com a defesa de Felipe nem com a família da vítima.








Por G1 SC 

COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail