MEC muda regras para concessão do Fies para 2018, com três modalidades | Portal RR Music

MEC muda regras para concessão do Fies para 2018, com três modalidades

Estudante poderá escolher a forma mais vantajosa e onde a quitação poderá ocorrer em desconto automático na folha de pagamento
Faculdades e universidades serão responsáveis por bancar custos com as taxas bancárias (Foto: Arquivo/Folha)

Estudantes que desejam ingressar no ensino superior privado, por meio do Programa de Financiamento Estudantil (Fies), devem ficar atentos. O Ministério da Educação (MEC) anunciou, na semana passada, mudanças nas regras do programa para o próximo ano. O interessado terá à disposição três tipos de modalidade, podendo optar por aquela que lhe parecer mais vantajosa.
Serão disponibilizadas 310 mil vagas. Na modalidade 1, serão 100 mil vagas para alunos com renda familiar per capita de até três salários mínimos. O estudante começará a pagar parcelas de até 10% da renda mensal, sem a cobrança de juros.
Na modalidade 2, o Fies oferecerá 150 mil vagas para alunos com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos, nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com taxa de juros de 3%, mais correção monetária.
Já na modalidade 3,  o financiamento contará com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Neste grupo, 60 mil vagas serão ofertadas a estudantes com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos.
As faculdades e universidades serão responsáveis por bancar os custos com as taxas bancárias para os empréstimos. Com isso, espera-se que a União tenha uma economia em seus cofres de R$ 300 milhões, garantindo a continuidade do programa. Um fundo garantidor será criado para que as instituições de ensino contribuam para mitigar os riscos das operações.
Sobre a forma de pagamento, o Ministério destacou que o empréstimo poderá ser quitado com desconto automático na folha de pagamento do estudante após o término do curso e obtenção de emprego formal.
FACULDADES - A Folha entrou em contato com as três maiores instituições de ensino superior privados do Estado para saber se já possuem um planejamento para o Fies do próximo ano. Por meio de nota, a Cathedral informou que só irá se manifestar a respeito após a publicação oficial da circular do MEC sobre as mudanças no programa.
O Centro Universitário Estácio da Amazônia também afirmou que irá aguardar a publicação do MEC com as novas regras do Fies. "Infelizmente, no momento, não é possível obter esta informação. Ainda é tudo muito novo e toda a distribuição de vagas é tratada diretamente com nossa matriz, no Rio de Janeiro. Geralmente, essas informações com relação à quantidade de vaga para cada IES (Instituição de Ensino Superior) só é divulgada no momento em que é lançado o cronograma de inscrição no site do FIES", destacou.
A Folha também entrou em contato com a direção da Faculdade Roraimense de Ensino Superior (Fares), mas foi informada de que a instituição não trabalha com essa modalidade de financiamento.
COMO FICA - As mudanças anunciadas pelo MEC na semana passada não afetam a vida de quem já conquistou vaga no programa, já que as renovações semestrais de quem já têm o Fies não mudam os termos do contrato. O mesmo se aplica para os estudantes que irão pleitear vaga para o segundo semestre deste ano.
Para o semestre 2017.2, o programa disponibilizará 75 mil novas vagas em instituições particulares. As inscrições deverão ser efetuadas exclusivamente pela internet, no portal do Fies (http://sisfiesportal.mec.gov.br), no período de 25 a 28 deste mês. O resultado dos candidatos pré-selecionados e a abertura da lista de espera ocorrem no dia 31.
Atualmente, o tipo de contrato oferecido é de somente para estudantes com renda familiar per capita de até 3 salários mínimos e juros de 6,5% ao ano, onde o mesmo tem até 18 meses para começar a pagar o financiamento após o fim do curso.
EM RORAIMA - Questionada do quantitativo de bolsas do Fies para esse segundo semestre, a Faculdade Cathedral informou que deverá divulgar nos próximos dias a quantidade oficial de bolsas que serão disponibilizadas por meio de financiamento estudantil.  "A Coordenação informa que já está analisando o documento do MEC e assim que for concluído, fará a divulgação das vagas", salientou.
Já o Centro Universitário Estácio da Amazônia disse que disponibilizou 319 vagas no semestre anterior e que está no aguardo da definição do número de vagas para o semestre de 2017.2. "O MEC poderá lançar o edital do segundo semestre a qualquer momento no portal do fies seleção", frisou. (M.L) 





Por Minervaldo Lopes
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail