Mãe convence suspeito de matar a ex de 16 anos a se entregar: 'Coisa horrorosa'

Casal estava separado e tinha dois filhos. Crime ocorreu em Bertioga, no litoral paulista.
Dois momentos da vida de Wellington: em uma rede social e quando foi preso por tráfico (Foto: Divulgação)

Wellington dos Santos Ferreira, de 21 anos, apontado como o responsável por matar a ex-namorada Fernanda Marília da Silva, de 16, se entregou à polícia na noite desta segunda-feira (10), em Bertioga, no litoral de São Paulo. O crime ocorreu na noite de domingo (9). Os dois tinham duas filhas, que estavam em casa na hora do crime.
O suspeito se apresentou na Delegacia Sede da cidade por insistência da própria mãe, que o levou até o local ao saber do ocorrido. Wellington foi visitar as filhas na casa da ex-sogra, quando encontrou e matou Fernanda com três tiros. Desde então, ele era procurado pelo homicídio.
De acordo com Mariluce dos Santos, mãe do suspeito, nunca passou pela cabeça dela esconder o filho. "Fui eu mesma que convenci ele a se entregar. Quero que a justiça seja feita. Meu filho estava drogado. Foi uma coisa horrorosa matar a mãe dos próprios filhos", desabafou.
A Polícia Civil ainda não sabe se ele permanecerá detido, uma vez que não houve o flagrante do crime e não havia ordem judicial que garantisse a prisão dele. O rapaz prestou depoimento ao escrivão na presença de um advogado.
Jovem de 16 anos foi morta a tiros pelo ex-namorado em Bertioga, SP (Foto: Arquivo Pessoal)

O crime

Segundo registro da polícia, Wellington foi até a casa da ex-sogra, na Rua Sebastião Barbosa, no bairro Indaiá, visitar as filhas, uma com um ano e cinco meses e outra com três meses de vida. Fernanda estava com as crianças no sofá e tinha a companhia da mãe no momento do encontro.
Ele, então, pediu para que as filhas fossem retiradas dali. O rapaz sacou uma arma e atirou três vezes contra o peito da adolescente. Em seguida, fugiu da casa. A mãe da jovem acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), ainda segundo a polícia, que a levou até o hospital. Ela não resistiu.
Familiares disseram que os dois se separaram após várias brigas. A polícia também informou que o rapaz já era conhecido e já foi preso por tráfico de drogas. O corpo de Fernanda foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) da cidade e liberado nesta segunda-feira para sepultamento. 






Por G1 Santos
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail