'Achei que tinha feito algo errado', diz 2º jovem a gabaritar vestibular da Uerj | Portal RR Music

'Achei que tinha feito algo errado', diz 2º jovem a gabaritar vestibular da Uerj

Lucas Nunes acertou as 60 questões do exame de qualificação e dá dicas: organização e tranquilidade estão entre elas. Crise da Uerj o faz repensar onde quer estudar.
Lucas foi o 2º aluno a gabaritar o exame de qualificação da Uerj na história da universidade (Foto: Marcos Serra Lima/G1)

Organização para estudar; preocupação em sempre tirar as dúvidas que surgem; tentar fazer sempre o que gosta; empenho na busca pelo objetivo; e procurar relaxar para evitar a sobrecarga. Orientando-se por essas cinco dicas, que faz questão de dividir com outros estudantes, Lucas Nunes, de 17 anos, gabaritou o exame de qualificação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), realizado no último dia 16. O estudante foi o segundo da história da Uerj a conseguir o feito, repetindo o que Beatriz Pego, também aos 17 anos, havia conseguido em 2013.
Morador da Tijuca, na Zona Norte do Rio, e aluno de uma unidade do Colégio pH no mesmo bairro, Lucas conta que chegou bem preparado para a prova, mas confessa que ter acertado todas as 60 questões o surpreendeu.
"Achei que tivesse feito alguma coisa errada quando fui conferir o gabarito. Mas quando vi que tinha mesmo acertado tudo, saí gritando 'Consegui!'", lembra ele, rindo da própria velocidade ao resolver as questões: "Levei cerca de 1h10 para responder tudo, mais uns 40 minutos revisando toda a prova".
A rotina de preparação de Lucas para os vestibulares - além da Uerj, ele ainda pretende disputar vagas na UFRJ e na PUC, além de algumas universidades de São Paulo, e pensa em cursar Engenharia de Produção ou Economia - inclui uma média de quatro horas diárias de estudo em casa, com base em um roteiro elaborado com ajuda dos professores da escola.
"É fundamental se organizar para estudar. Muita gente se atrapalha quando está em casa porque tenta fazer uma 'maratona' de estudos, aí se assusta com o volume de matérias e acaba deixando tudo de lado. Planeje-se ao longo da semana, para poder dar atenção a todos os assuntos", ensina ele, que destaca ainda os intervalos entre uma bateria de exercícios e outra: "Estude uma matéria, faça uma pausa de uns 10 minutos e só então passe para outra, para garantir a assimilação do conteúdo. É como se alimentar: depois de comer, tem que digerir".
Lucas faz questão também de mostrar que não vive só de estudar. Segundo ele, tão importante quanto estudar é arejar as ideias, se distrair e relaxar - no caso dele, jogando futebol e vídeo game, tocando guitarra, lendo ou saindo com os amigos. Celular? Ele usa, claro, mas não na hora de estudar.
"Não dá para estudar e ficar trocando mensagens com os amigos, você perde o foco facilmente assim. Mas a internet é aliada do estudante: é possível ver um vídeo para tirar uma dúvida, consultar um app atrás de novos exercícios, mandar um e-mail para o professor", diz ele.

Crise pesa na escolha

A vaga na Uerj está praticamente garantida, mas a crise na universidade não passou despercebida pelo estudante, que se preocupa com a situação de penúria da instituição.
"Sei que a Uerj tem ótimos professores, espero que a universidade volte a ser o que era. Mas é claro que a perspectiva de não ter aulas assusta, por isso vou buscar outras universidades também".






Por Alessandro Ferreira, G1 Rio  
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail