Para enfrentar problemas energéticos, índios são beneficiados com curso técnico | Portal RR Music

Para enfrentar problemas energéticos, índios são beneficiados com curso técnico

Grupo de 23 índios concluiu o curso de Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão (Foto: Ascom/IFRR)
 
Falhas no fornecimento e problemas na rede elétrica é uma realidade constante em Roraima, principalmente nos municípios do interior, onde o fornecimento é feito por motores e pequenas usinas termelétricas. Muitas vezes, o serviço de manutenção custa a chegar nestas localidades, deixando os moradores sem energia por algum tempo. Pensando em solucionar este problema, o Instituto Socioambiental (ISA) e o Conselho Indígena de Roraima (CIR) procuraram o Instituto Federal de Roraima (IFRR) para ofertar o curso “Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão” para 23 indígenas de comunidades do município de Uiramutã, a nordeste do Estado.
O interesse das comunidades pelo curso surgiu após um acidente fatal, quando um indígena sem conhecimentos específicos resolveu prestar manutenção na rede elétrica da localidade. Segundo o coordenador dos Cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) do Campus Boa Vista do IFRR, Welinton Ferreira de Lima, a instituição de ensino se prontificou a colaborar e elaborou um curso de 300 horas, onde os participantes podem adquirir os conhecimentos para trabalhar de forma adequada.
“Essa qualificação é importante, pois melhora a qualidade dos serviços prestados, sistematiza e resolve os problemas locais, mantendo as pessoas em suas comunidades e diminuindo a migração para a zona urbana.
Como o curso foi uma demanda das instituições indígenas, esperamos que os conhecimentos adquiridos sejam colocados em prática e acidentes como o ocorrido não se repitam”, comentou o professor.
As aulas do último módulo do curso estavam previstas para ocorrerem de 29 de maio a 02 de junho, porém devido a enchente nos rios da região, que deixou cerca de mil pessoas desabrigadas, serão remarcadas.
“Ainda não temos uma data específica, porém acredito que ainda este mês iremos concluir. No encerramento pretendemos fazer uma cerimônia na comunidade do Maturuca para celebrar a formação destes 23 indígenas”, disse.
Ao final do curso, o ISA irá contratar dois dos alunos que mais se destacaram no curso para atuarem como técnicos de manutenção de rede elétrica de baixa tensão. “Podemos ter a ampliação de mais duas vagas, porém essa hipótese ainda está sendo estudada. Com profissionais qualificados trabalhando na comunidade evitamos acidentes e ainda garantimos renda e a permanência deles na localidade”, afirmou.  
Lima informou que o IFRR propôs ao CIR e ao ISA a oferta de um novo curso, desta vez, voltado para o fornecimento de energia solar. “Há projetos de implantação deste tipo de energia naquelas regiões e gostaríamos de oferecer o mesmo curso, porém voltado para este novo sistema. Desta forma já deixaríamos eles também preparados para esta nova modalidade”, frisou.
CURSO - O curso foi dividido em quatro disciplinas: Matemática e Suas Aplicações Tecnológicas (60 horas), Eletricidade Básica e Eletrônica Analógica (60 horas), Segurança e Saúde no Trabalho (20 horas) e Eletrotécnica Aplicada (160 horas). “No fim do curso, o aluno está apto a realizar instalação e manutenção elétrica predial de baixa tensão de acordo com normas e procedimentos técnicos de qualidade, segurança, higiene e saúde”, explicou.
Participaram indígenas de treze comunidades da Raposa Serra do Sol, foram beneficiadas: Pedra Branca, Pedra Preta, Flexalzinho, Maturuca, Tamandaré, Sol Nascente, Surumu, São Mateus, Morro, Triunfo, Willimon, São Miguel e Jatapu, esta última localizada no sul do Estado.






Por Folha Web
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail