Mulher morre na BR-174 após colidir motocicleta em cavalo

Acidente ocorreu por volta das 3h da manhã; Filho da vítima estava na garupa e foi levado para o hospital
Jucineide Alves dos Anjos morreu na hora, em consequência do politraumatismo (Foto: Jefter Reis)

Mais um acidente com vítima fatal aconteceu na BR-174, dessa vez no município de Rorainópolis, região sul do Estado, a aproximadamente 290 quilômetros da Capital. A vítima foi identificada como Jucineide Alves dos Anjos, 25 anos, e estava acompanhada do filho, de 11 anos, quando colidiu em um cavalo que atravessava a pista. Devido ao forte impacto, ela morreu antes da chegada do socorro. O filho foi levado ao hospital para receber atendimento médico especializado. O acidente aconteceu na madrugada de ontem, dia 11, por volta das 3 horas.
De acordo com a Polícia Militar, que isolou a área e teve que organizar o tráfego de veículos no local, a vítima vinha da vila Martins Pereira, momento em que atingiu um cavalo, faltando apenas 500 metros para a entrada da cidade.
Segundo testemunhas, na hora do acidente Jucineide conduzia uma motocicleta, modelo Yahama/YBR Factor, 125 cilindradas, cor vermelha, mas ninguém soube explicar o motivo pelo qual a mulher transitava pela rodovia naquele horário e na companhia do filho. Há informações de algumas testemunhas de que a vítima era casada com um dos vereadores de Rorainópolis.
O dono do cavalo deve ser responsabilizado pelo fato de o animal estar solto às margens da BR. A perícia chegou a Rorainópolis no fim da manhã de ontem para realização dos procedimentos técnicos, inclusive fatores que determinaram a morte, como a velocidade do veículo, ponto de frenagem na pista e local da colisão, em seguida, uma equipe do Instituto de Medicina Legal (IML) fez remoção do corpo para a sede do Instituto, em Boa Vista.
O rabecão chegou à Capital na tarde de ontem. O cadáver passou por exame e foi liberado em seguida. O corpo foi levado para o sul do estado, pela família, para realização do funeral e do sepultamento. A morte foi causada por politraumatismo, inclusive pelo forte trauma na região da cabeça. (J.B)






Por João Barros
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail