Motorista é morto a tiro por guarda municipal de SP durante briga de trânsito no litoral paulista | Portal RR Music

Motorista é morto a tiro por guarda municipal de SP durante briga de trânsito no litoral paulista

Walter Ferrari Junior, de 40 anos, morava em Mongaguá, era motorista de caminhão e prestava serviços no Porto de Santos. Suspeito atua em Embu das Artes e foi preso.
Walter Ferrari Junior, de 40 anos, morava em Mongaguá, SP (Foto: Arquivo Pessoal)

Um motorista de 40 anos foi morto com um tiro durante uma briga de trânsito, no último sábado (3), em Mongaguá, no litoral paulista. O suspeito do crime é um guarda municipal que atua na cidade de Embu das Artes, na Grande São Paulo. Ele tentou fugir, mas foi preso em Cubatão (SP).
Segundo informações da Polícia Militar Rodoviária, o crime ocorreu na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, na altura do bairro Vera Cruz. A vítima, Walter Ferrari Junior, morava em Mongaguá, era motorista de caminhão e prestava serviços no Porto de Santos, mas estava de carro, com uma moto aquática no reboque, no momento do ocorrido.
Por razões ainda não divulgadas, Walter e o guarda municipal, identificado como Fábio Alves da Silva, que não estava a serviço, passaram a discutir. Em dado momento, o guarda efetuou um disparo contra a vítima. A bala entrou pelo braço e acabou perfurando o pulmão do motorista, que chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
Carro da vítima rebocava uma moto aquática (Foto: G1)
O suspeito fugiu do local, mas foi detido pouco depois por uma equipe do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), próximo à balança da Rodovia dos Imigrantes, na altura de Cubatão, após furar um bloqueio da Polícia Rodoviária. Ele portava um revólver calibre 38, registrado em seu nome, e teria confessado o crime às autoridades.
O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Santos. O caso foi registrado na Delegacia Sede de Cubatão, onde o suspeito, que estava com a mulher e os pais no carro, permanece preso em flagrante por homicídio. O automóvel do guarda apresenta marcas de batida e foi apreendido, assim como o veículo de Walter. Ambos passarão por perícia.
Revólver calibre 38 foi apreendido (Foto: G1)

Vidros estilhaçados foram achados dentro do carro da vítima (Foto: Solange Freitas/G1)
Carro do guarda municipal apresentava marcas de batida (Foto: Solange Freitas/G1)






Por G1 Santos 
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail