'Homem-aranha' é suspeito de escalar 4 prédios e furtar 9 apartamentos neste ano no Itaim Bibi, em SP

Polícia analisa vídeo com ladrão subindo pela parede; ele já conseguiu chegar até o 12º andar de edifício em bairro nobre. De fevereiro a maio, criminoso já levou relógio Rolex, celulares e dinheiro.
Na foto montagem é possível ver (de cima para baixo) o prédio invadido; as mensagens que moradores postaram nas redes sociais e o vídeo que gravou a ação do 'homem-aranha' em maio no Itaim Bibi (Foto: Reprodução/GloboNews)

O ladrão apelidado de "homem-aranha", pelo modo como invade condomínios de alto padrão no Itaim Bibi, é suspeito de escalar quatro prédios e furtar nove apartamentos neste ano no bairro nobre da Zona Sul de São Paulo (veja mapa abaixo).
O G1 apurou que a Polícia Civil ainda não identificou o criminoso, mas tem indícios de que ele vem atuando na região desde fevereiro. Câmeras de segurança flagraram a ação do homem em maio.
Nesta semana, a GloboNews teve acesso às únicas imagens até o momento da ação do "homem-aranha" (veja abaixo). Elas mostram ele subindo a parede de um edifício na Rua Pedroso Alvarenga no dia 23 de maio. Pelas cenas não é possível identificar o ladrão, mas a filmagem chama a atenção pela facilidade com a qual ele escala as paredes. Na data, o invasor entrou no primeiro e segundo andares do prédio.
Investigadores apuram se o criminoso tem curso de escalada ou pratica parkour pela habilidade e rapidez com a qual sobe os prédios. A investigação não descarta a possibilidade de que existam outros ‘homens-aranha’ que poderiam pertencer a uma quadrilha que esteja invadindo apartamentos de alto padrão.
Sete boletins de ocorrência de "furto mediante escalada" foram registrados por moradores no 15º Distrito Policial (DP), no Itaim Bibi. As vítimas contaram à Polícia Civil que dormiam de madrugada e não viram quem entrou no imóvel, mas disseram que seus apartamentos estavam trancados.

Sacadas

Todos os imóveis, porém, têm uma característica comum: sacadas. A polícia suspeita que as invasões tenham sido cometidas pelo "homem-aranha". Em alguns casos, a porta que separa a sala da sacada estava aberta. Em outros, a sacada estava protegida por uma tela de proteção para crianças que acabou queimada ou cortada.
A audácia do escalador de paredes é tamanha que ele entrou em nove apartamentos que estavam no primeiro, segundo, terceiro, quarto, sexto, oitavo e até 12º andares de quatro condomínios residenciais.
Foram os próprios moradores do Itaim Bibi que apelidaram o invasor, nas redes sociais, de "homem-aranha", numa alusão ao emblemático personagem de quadrinhos da Marvel. A diferença é que o sujeito que sobe paredes para entrar nos imóveis não é super-herói como o original. Caso seja identificado, detido e condenado, ele poderá receber pena de 2 a 8 anos de prisão pela Justiça.
Os investigadores já sabem que o "homem-aranha" é silencioso e age somente na sala dos apartamentos, justamente para não acordar os proprietários ou seus animais. As vítimas só vão dar conta do que foi levado quando levantam da cama. Entre os objetos comuns levados estão laptops, celulares e dinheiro. Mas há registros de que até relógios de luxo, como Rolex e Panerai, foram furtados.
Moradores apelidaram o criminoso de 'homem-aranha' em postagem nas redes sociais (Foto: Reprodução/Globo News)

'Homem-aranha'

É sabido ainda pela investigação que o criminoso entra e sai dos edifícios pelo mesmo caminho, justamente para evitar ser flagrado por câmeras de segurança. As únicas imagens dele o mostram num vídeo escuro que não possibilita saber quem ele é.
Diante disso, a perícia do Instituto de Criminalística (IC), da Superintendência da Polícia Técnico-Científica, foi até as cenas de crime levantar outras pistas que possam ajudar na identificação do invasor. Marcas digitais foram recolhidas para comparações com um banco de dados de criminosos. Também foram fotografadas pegadas nas varandas das sacadas que passarão por análise.
Até o momento a polícia ainda não tem suspeitos. Dois adolescentes chegaram a ser detidos por furtos em condomínios do Itaim Bibi, mas a investigação descartou a possibilidade de eles terem envolvimento com o "homem-aranha".
O motivo é que os jovens invadiram os prédios pela portaria, fingindo ser moradores. O "homem-aranha" ataca sem querer ser notado, entrando escondido no imóvel. Policiais sugerem aos donos dos apartamentos com sacadas que também tranquem a porta que separa a sala da varanda para dificultar a entrada do invasor.
(Foto: Editoria de arte/G1)







Por Kleber Tomaz, G1 SP, São Paulo 
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail