Celebração de Corpus Christi tem missas, procissão e tapetes no Grande Rio

Comemoração católica homenageia o "mistério da eucaristia". Tradicionais tapetes serão confeccionados e ficarão expostos nos municípios.
Fiéis celebram o Corpus Christi na principal rua do Centro de Niterói (RJ). (Foto: Felipe Ferreira de Almeida/VC no G1)

Corpus Christi. Em português, Corpo de Cristo. Mais do que um feriado, a celebração católica que tem início nesta quinta-feira (15) é uma homenagem ao "mistério da eucaristia": o sacramento do corpo e do sangue de Jesus Cristo. Para a solenidade, a Igreja Católica organizou festejos no Rio, Niterói, São Gonçalo e Niterói, na Região Metropolitana.
A data é sempre comemorada numa quinta-feira em alusão à Quinta-feira Santa, quando a Igreja diz ter tido início a instituição deste sacramento. Conforme diz a escritura, na última ceia de Jesus com seus apóstolos, Ele mandou que celebrassem Sua lembrança comendo o pão e bebendo o vinho, que se transformariam em seu corpo e sangue.
Em Niterói e São Gonçalo, o arcebispo metropolitano do município, dom José Francisco Rezende Dias, presidirá a celebração eucarística de Corpus Christi. Em São Gonçalo, será às 8h. Em Niterói, a cerimônia começará a partir das 16h, num palco montado, em frente à Câmara Municipal, no início da Av. Amaral Peixoto. Já a procissão começará após a Santa Missa, e irá até o fim da avenida, onde o arcebispo dará a benção.

No município de Nilópolis, os tapetes são confeccionados por voluntários e fiéis das igrejas Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora Aparecida, Santíssima Trindade e São Sebastião. Para a produção dos tapetes, que começou às 6h, cada paróquia divide seus membros em grupos, e cada grupo aborda um tema. A previsão é de que sejam confeccionados cerca de 302 tapetes nas quatro paróquias da cidade.
No Rio, a primeira missa do dia será na Igreja de Sant'Ana, no Centro, às 10h, quando dom Orani irá concluir mais uma edição da Semana Eucarística. Às 15h30, acontece o tradicional ofício litúrgico na Igreja de Nossa Senhora da Candelária, no Centro.
Lá, serão coletados de alimento para pessoas necessitadas, que são assistidas pela Igreja através de suas comunidades, pastorais e instituições sociais. A coleta também será realizada na Catedral.
A procissão começa em seguida, às 16h, saindo da Candelária e percorrendo as avenidas Rio Branco, Nilo Peçanha, Graça Aranha, Almirante Barroso e República do Chile, quando chegará à Catedral.

Tapetes

Neste ano, em São Gonçalo, a confecção dos tradicionais tapetes de serragem começaram no dia anterior, às 21h. Nesta quinta, os gonçalenses irão se concentrar em frente à matriz São Gonçalo de Amarante, às 7h, e, em seguida, começará a Santa Missa, às 8h. A Matriz fica na Alameda Pio XII, nº 86, no Centro.
Como em anos anteriores, a confecção dos tapetes de Corpus Christi em São Gonçalo vão exigir aproximadamente 200 sacos de serragem de 100 litros, inúmeros tubos de xadrez, além das 50 toneladas de sal, que serão utilizadas na confecção dos 232 tapetes que é Patrimônio Público Cultural e Religioso do Município.
Os fiéis irão percorrer aproximadamente 1,5 Km, até chegar ao SESI onde haverá a bênção do Santíssimo Sacramento. É recomendado que as pessoas principalmente as idosas e crianças que vierem a participar da Solenidade de Corpus Christi estejam bem alimentados e hidratados, com roupas leves e devidamente medicados, caso façam uso de alguma medicação.
Já em Niterói, a confecção dos tapetes será nesta quinta, na Avenida Amaral Peixoto, que fica no centro da cidade. Os trabalhos começarão às 7h, com previsão de terminar às 11h. As paróquias do Vicariato Niterói contarão com 20 toneladas de sal, além de pó de café, pó de serra e xadrez.
Em Nilópolis, o tapete da Paróquia Nossa Senhora Aparecida é confeccionado na Avenida Mirandela, entre a Praça Benedito Vaz Vieira e a Rua Pracinha Wallace Paes Leme, no Centro. Na Paróquia Santissa Trindade a peça é feita nas ruas Nilo Peçanha e Rodrigues Alves, em Olinda. E na Paróquia São Sebastião a confecção acontece na Rua Joaquim Máximo Soares, entre as ruas Getúlio Vargas e Pracinha Wallace Paes Leme, em Olinda. Na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, o tapete será confeccionado na Rua Roberto da Silveira, entre a Praça Prefeito Miguel Abrão e a Rua Senador Fernando Mendes, no Centro.
Os católicos fluminenses poderão visitar os tapetes, a partir das 13h, e terão até as 15h para tirar fotos e conhecer a criatividade das equipes no evento. No Rio, a celebração de Corpus Christi segue a tradição e ocorrerá no Centro. A confecção de tapetes será em frente à Catedral e na Avenida Chile.

Origem da Celebração

Conforme informa a Arquidiocese do Rio, a celebração teve origem em 1243, em Liège, na Bélgica, no século XIII, quando a freira Juliana de Cornion teria tido visões de Cristo demonstrando desejo de que o mistério da Eucaristia fosse celebrado com destaque.
Em 1264, o Papa Urbano IV através da Bula Papal Trasnsiturus de hoc mundo, estendeu a festa para toda a Igreja, pedindo a São Tomás de Aquino que preparasse as leituras e textos litúrgicos que, até hoje, são usados durante a celebração.
Compôs o hino Lauda Sion Salvatorem (Louva, ó Sião, o Salvador), ainda hoje usado e cantado nas liturgias do dia pelos mais de 400 mil sacerdotes nos cinco continentes. A procissão com a Hóstia consagrada conduzida em um ostensório é datada de 1274. Foi na época barroca, contudo, que ela se tornou um grande cortejo de ação de graças. 





Por G1 Rio
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail