Até quarta, agências abrirão mais cedo e fecharão mais tarde para saque do FGTS

Agências de Boa Vista e de cinco municípios do interior do Estado funcionarão das 8h às 15h
No sábado, foi o primeiro dia de saque para nascidos em setembro, outubro e novembro, agência do Centro ficou lotada (Foto: Diane Sampaio)

Com o início da quarta fase de pagamentos de contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), a Caixa Econômica Federal vai funcionar em horários diferenciados para atender a quem tem direito ao saque, que iniciou no sábado, 10, para milhares de trabalhadores.
Até a quarta-feira, 14, as agências “Boa Vista”, localizada na Avenida João Pereira de Melo, 184, no Centro; “Cruviana”, na Avenida General Ataíde Teive, bairro Alvorada; e “Asa Branca”, também situada na Avenida Ataíde Teive, irão funcionar das 8h às 15h. No interior, as agências que ficarão disponíveis para o saque serão de Rorainópolis, São Luiz do Anauá, Caracaraí, Pacaraima e Alto Alegre.
Nesta fase, poderão sacar a renda extra os trabalhadores nascidos nos meses de setembro, outubro e novembro. Segunda a Caixa, em Roraima, 10.580 trabalhadores que nasceram nesses meses poderão realizar o saque. A previsão é que seja pago no Estado pouco mais de R$ 8.4 milhões.
SAQUE – Além das agências, o pagamento pode ser efetuado nos caixas de autoatendimento, em revendedores lotéricos e correspondentes bancários. Até R$ 3 mil, o saque pode ocorrer tanto nas máquinas de autoatendimento, quanto nos correspondentes bancários. Acima disso, é preciso se dirigir à agência.
Para efetuar o saque, o beneficiário deve ter em mãos o número de inscrição do Programa de Integração Social (PIS), documento de identificação do trabalhador e, preferencialmente, o comprovante da extinção do vínculo, podendo ser a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) ou o Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho. A Caixa ressaltou que a principal orientação é seguir o calendário. (L.G.C)

Pagamento ocorreu de forma tranquila nas agências durante o final de semana

Para esta etapa, a Caixa resolveu adiantar o início do pagamento para o último sábado, 10, com o intuito de atender, exclusivamente, os usuários beneficiados. Em todas as agências do Estado, mais de 80 servidores realizaram atendimento, para tirar dúvidas em relação a saques ou valores.
As agências ficaram lotadas, mas o pagamento ocorreu de forma tranquila. “Eu estava receoso com a possibilidade desse pagamento não ocorrer, porque tinha visto que talvez a Medida Provisória não fosse aprovada. Graças a Deus o pagamento saiu e vou aproveitar esse dinheiro para pagar minhas dívidas”, disse o funcionário público Augusto Ribeiro.
Apesar da tranquilidade, alguns trabalhadores enfrentaram problemas para o saque. O autônomo Francisco do Nascimento informou à Folha que ficou horas na fila, mas não conseguiu sacar por conta de problemas com a documentação “Eu perdi minha carteira de identidade e a Caixa não aceitou a minha carteira de trabalho, porque disse que era antiga. Fiquei sem entender, mas irei atrás dos documentos para sacar”, contou. (L.G.C)





Por Luan Guilherme Correia
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail