Aplicativo criado para ajudar quem vive com HIV será lançado 5ª-feira

Idealizado por um estudante de Santa Catarina, a ferramenta estará disponível para plataformas iOS e Android
Idealizador do aplicativo Lucian Ambros: “Usuário terá conforto emocional” (Foto: Divulgação)

Apesar de estarmos vivendo em meio à era da informação, falar abertamente sobre HIV ainda continua sendo um grande tabu. Se para as famílias, o tema causa desconforto, para quem é soro positivo a questão é ainda mais complicada. Pensando nisso, um administrador de empresas de Santa Catarina decidiu criar um aplicativo capaz de ajudar tanto pessoas que portam o vírus quanto aquelas que convivem com elas.
Batizada de “Posithividades”, a ferramenta será lançada nesta quinta-feira, 15, tendo como grande diferencial a promoção de informações que auxiliam a desmistificação do tema HIV.  “A ideia do aplicativo surgiu graça a um trabalho que desenvolvi durante a faculdade. Eu escolhi um tema e comecei a trabalhar em cima disso. Nesse período, tendo contato com pessoas que vivem com o vírus, notei que elas se queixavam da falta de um espaço onde pudessem encontrar informações com credibilidade. Além disso, elas se sentem mais a vontade em dividir suas experiências de vida com outras pessoas que também sofrem com isso, o que é muito diferente quando se está conversando com um médico ou um psicólogo”, comentou o idealizador do aplicativo, Lucian Ambros, 29 anos.
Segundo ele, o usuário terá dentro do aplicativo uma infinidade de maneiras de participação junto a outros membros por meio de chats abertos ou fechados, fóruns de discussão e guias de informação confiáveis. Além disso, haverá a disposição os links das entidades que trabalham no apoio ao portador do HIV do país, facilitando a busca por ajuda por parte do usuário.
“A partir do momento que você conversa com uma pessoa que tem o mesmo drama que você, se torna mais fácil poder lidar com esse problema. E como o próprio slogan do aplicativo diz, você não precisa ser soropositivo para falar sobre HIV, ou seja, é uma ferramenta útil tanto para quem vive com a doença, como para quem convive com alguém que a tenha”, destacou.
Vencedor do Desafio Universitário Empreendedor do Sebrae Santa Catarina, o Positividades foi destaque na etapa nacional da disputa, ficando entre as melhores inovações do país. A ferramenta estará inicialmente disponível para usuários de smartphones com plataforma iOS e Android. No entanto, a equipe de desenvolvimento já trabalha com a possibilidade de expandir os limites do aplicativo.
“Como tem muita gente de fora do Brasil que está começando a procurar o aplicativo, eu já tive contato com cinco países. Nós lançaremos em agosto a versão Web, ou seja, as pessoas de outros lugares do mundo também vão poder acessar essa ferramenta, até para a gente conhecer como está a realidade lá fora. O usuário terá então o conforto emocional, principalmente para aquelas que recém descobriram a doença, a oportunidade de pode ajudar, no caso aqueles que já possuem há algum tempo o vírus, e poder trazer esclarecimentos para aquelas que convivem com essas pessoas”, salientou.
ÍNDICE - Atualmente, Roraima é um dos estados que apresentam maior incidência de infectados pelo HIV do país.  Conforme o Ministério da Saúde (MS) o número de soropositivos adultos dobrou de 197 em 2014 para 411 em 2015. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), cerca de 2.600 pessoas fazem o acompanhamento da doença junto ao Serviço de Assistência Especializada (SAE).  
Para Lucian Ambros, a informação ainda é a maior arma para derrubar o preconceito das pessoas sobre a doença.  “Somente com conhecimento se muda o mundo. O HIV é muito menor que a vontade de viver. Mesmo com uma doença como essa, dá para se viver bem”, concluiu. (M.L)






Por Minervaldo Lopes
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail