Testemunhas da morte de cozinheiro devem ser ouvidas na delegacia hoje

Urutani da Silva (no detalhe) foi morto neste local enquanto dormia (Foto: Rodrigo Otávio)

A Delegacia-Geral de Homicídios (DGH) informou que as testemunhas envolvidas no caso da morte de um cozinheiro serão ouvidas hoje, 30. Sobre as diligências para localização do suspeito, a polícia não deu detalhes para não atrapalhar as investigações.
O homicídio violento e ainda sem justificativa chocou os moradores da Rua CC-13, no bairro Senador Hélio Campos, zona oeste de Boa Vista, na sexta-feira passada, dia 26. A vítima foi o cozinheiro Urutani da Silva, de 37 anos, morto a facadas, no final da tarde. O principal suspeito do crime é seu compadre, conhecido por “Pacu”, que teria utilizado uma arma branca e desferido diversos golpes em Urutani, enquanto ele dormia.
A casa onde ocorreu o crime era de um amigo dos envolvidos e, segundo informações do irmão de Urutani, que preferiu não ter o nome divulgado, vítima e suspeito eram compadres e conhecidos de longa data. “Meu irmão era padrinho da filha mais nova dele, não sei por que ele fez isso. Estamos até agora sem entender. Esperamos que a polícia consiga localizar o responsável por este crime”, disse o irmão.
Os familiares da vítima informaram que eles haviam ingerido bebida alcoólica durante toda a manhã do dia do crime, mas não sabem o motivo do assassinato. Após o trabalho da perícia, eles queimaram o colchão onde Urutani foi esfaqueado.






Por Folha Web
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail