Ônibus e posto da Brigada Militar são atacados a tiros na Zona Sul de Porto Alegre | Portal RR Music

Ônibus e posto da Brigada Militar são atacados a tiros na Zona Sul de Porto Alegre

Polícia suspeita que ambos ataques são retaliação após a morte de um suspeito na noite de sexta-feira. Mais de 20 disparos foram efetuados contra o posto policial.
Ônibus da Brigada Militar foi alvo de ataque a tiros na noite de sexta (Foto: Brigada Militar/Divulgação)

Um ônibus e um posto da Brigada Militar foram alvos de dois ataques a tiros entre a noite de sexta-feira (28) e a manhã deste sábado (29), na Zona Sul de Porto Alegre. A polícia acredita que os episódios sejam retaliação de criminosos por causa da morte de um suspeito na região.
O primeiro ataque aconteceu por volta das 22h de sexta, quando um ônibus da Brigada Militar foi alvejado com tiros na Rua Belmonte de Macedo, esquina com a Rua Xavier da Cunha, no bairro Nonoai. A polícia suspeita que a ação tenha relação com um confronto que terminou com a morte de um homem de 19 anos durante patrulhamento na Vila Cantão, na mesma região, por volta das 20h.
Conforme a polícia, uma guarnição se deparou com oito homens armados. Um dos suspeitos não obedeceu a ordem de parada e seguiu em fuga pelas ruas Orfanatrofio e Dona Cristina. Ao chegar no Beco 20, os policiais, conforme a ocorrência, avistaram que o suspeito estava armado. Ele teria se recusado a se render, e quando fez menção de usar a arma, foi atingido na região da virilha. O homem chegou a ser socorrido, mas não resistiu ao ferimento e morreu.
O suspeito, de 19 anos, já tinha antecedentes por porte de arma. Com ele foi encontrado um revólver calibre 38, com cinco cartuchos. Nas averiguações foi encontrado um simulacro de pistola.
O segundo ataque a tiros aconteceu por volta das 6h contra um posto da Brigada Militar, também na Zona Sul de Porto Alegre. Suspeitos pararam em frente ao local à bordo de uma motocicleta e abriram fogo contra o local. Mais de 20 disparos foram efetuados.
Foram encontrados quatro projéteis, 19 capsulas deflagradas e uma munição intacta. Havia policiais no local, mas ninguém ficou ferido.
Por conta dos episódios de violência, a linha Orfanatrófio não está circulando neste sábado, e a linha Prado, foi orientada pela polícia a desviar o itinerário, pela Avenida Nonoai. O efetivo foi reforçado no local.






Por G1 RS
COMPARTILHAR:

+1

Publicidade:

Roraima music no twitter

Total de visualizações

Cursos Online

Receba Nossas atualizações

•Recomende-nos No Google+
•Receba Nossas Notícias do Roraima Music Por e-mail